Boletim de Serviço Eletrônico em 18/03/2021

Ministério da Educação

​​UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ

UTFPR - CAMPUS PONTA GROSSA
DIRETORIA GERAL - CÂMPUS PONTA GROSSA
DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - CÂMPUS PONTA GROSSA
PROGR.DE POS-GRAD. EM ENGEN. DE PRODUCAO

resolução PPGEP-PG nº 9/2021

  

Estabelece e regulamenta os critérios para proficiência em língua estrangeira para os discentes do PPGEP.

O COLEGIADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO do Câmpus Ponta Grossa da UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ, doravante denominado PPGEP, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pelo art. 4º do Regulamento da Pós-Graduação Stricto Sensu da UTFPR, aprovado pela deliberação nº 07/2016 de 30 de junho de 2016, do CONSELHO UNIVERSITÁRIO da UTFPR (COUNI), e pelo Art. 23º do Regulamento Interno do PPGEP, aprovado pela Resolução 54/2021 do CONSELHO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DA UTFPR, de 11 de fevereiro de 2021; e CONSIDERANDO os artigos 52º e 53º do Regulamento da Pós-Graduação Stricto Sensu da Universidade Tecnológica Federal do Paraná́ (UTFPR), aprovado pela Deliberação 07/2016 COUNI da UTFPR; CONSIDERANDO a Instrução Normativa nº 02/2019 PROPPG; CONSIDERANDO os artigos 49º e 50º do Regulamento do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção (PPGEP), aprovado pela resolução COPPG/UTFPR Nº 54, de 11 de fevereiro de 2021; e CONSIDERANDO deliberação tomada em sua Reunião nº 03/2021, de 12 de março de 2021,

 

RESOLVE:

 

Art. 1º Os discentes regularmente matriculadas no Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção (PPGEP) da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), em nível de Mestrado e Doutorado, devem demonstrar nível de proficiência em Língua Inglesa, conforme o estabelecido nessa Resolução.

§1º A proficiência em Língua Inglesa é um requisito para obtenção de título de mestrado/doutorado nos Programas de Pós-Graduação da UTFPR.

§2º A proficiência em Língua Inglesa não gera créditos ao aluno.

§3º A comprovação da proficiência poderá ocorrer a partir do ato da matrícula, e é um requisito prévio para a marcação da defesa pública.

§4º Os alunos que realizaram mobilidade acadêmica de no mínimo seis (6) meses em países de língua inglesa, em até 24 meses antes do ingresso no programa, devidamente comprovada, estão dispensados do exame de proficiência.

Art. 2º Os seguintes testes com as respectivas pontuação e validade, aceitos pela CAPES/CNPq, são válidos como comprovante de proficiência em língua inglesa:

I - TOEFL IBT, validade de 6 (seis) anos: mínimo de 79 pontos;

II - TOEFL ITP, validade de 6 (seis) anos: mínimo de 550 pontos;

III - IELTS, validade de 6 (seis) anos: mínimo total de 6,5, sendo que cada banda (listening, reading, writing e speaking) deve ter nota mínima de 5,0; e

IV - Cambridge Exams, sem validade: equivalente a B2.

V  Os certificados de proficiência em língua estrangeira emitidos por universidades públicas ou privadas que oferecem testes de proficiência são aceitos como comprovante de proficiência (certificados com validade de dois anos). Resultado: Aprovado ou Proficiente.

Art. 3º. A comprovação de proficiência realizada no Mestrado do PPGEP não será automaticamente validada para o Doutorado.

Art. 4º. Os alunos estrangeiros, oriundos de países de língua inglesa, ou aqueles com graduação ou pós-graduação realizada em língua inglesa, serão dispensados do exame de proficiência nessa língua, desde que devidamente comprovado.

Art. 5º. O discente do PPGEP cuja língua materna não seja o português deve comprovar proficiência em língua portuguesa para o agendamento da defesa de doutorado, de acordo com os seguintes critérios:

I - Certificados de proficiência em língua portuguesa emitidos por universidades públicas ou privadas, com validade de dois anos. Resultado: Aprovado ou Proficiente.

II - Certificados de proficiência em língua portuguesa provenientes do Sistema Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras), com validade de dois anos. Resultado mínimo: Intermediário Superior.

III - Certificados do Instituto Camões (Portugal), com validade de dois anos. Resultado mínimo: Nível B1 no Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (QECR).

§1º Os alunos estrangeiros com graduação ou pós-graduação realizada em língua portuguesa serão dispensados do exame de proficiência em língua portuguesa.

Art. 6º Casos omissos desta Resolução serão avaliados pelo Colegiado do PPGEP-PG.

 

Ponta Grossa, 18 de março de 2021.

 

 

CASSIANO MORO PIEKARSKI

Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção

Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Câmpus Ponta Grossa

 

 

<<Resolução aprovada e registrada na ata 03.2021 de reunião do colegiado do PPGEP realizada em 12 de março de 2021>>

 


logotipo

Documento assinado eletronicamente por (Document electronically signed by) CASSIANO MORO PIEKARSKI, COORDENADOR(A) DE CURSO/PROGRAMA, em (at) 18/03/2021, às 15:53, conforme horário oficial de Brasília (according to official Brasilia-Brazil time), com fundamento no (with legal based on) art. 6º, § 1º, do Decreto nº 8.539, de 8 de outubro de 2015.


QRCode Assinatura

A autenticidade deste documento pode ser conferida no site (The authenticity of this document can be checked on the website) https://sei.utfpr.edu.br/sei/controlador_externo.php?acao=documento_conferir&id_orgao_acesso_externo=0, informando o código verificador (informing the verification code) 1945046 e o código CRC (and the CRC code) 33B2505F.



 


Referência: Processo nº 23064.035592/2020-93 SEI nº 1945046