Boletim de Serviço Eletrônico em 05/04/2024

 

 

Ministério da Educação

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ

DIRETORIA-GERAL - CAMPUS DOIS VIZINHOS

DIR. DE GRAD. E EDUCACAO PROFISSIONAL-DV

 

 EDITAL Nº 009/2024 DIRGRAD/dirge-DV

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA TUTOR DO GRUPO PET CONEXÕES DE SABERES - AGRICULTURA FAMILIAR – SABERES E FAZERES DA VIDA NO CAMPO

 

 

De ordem do Diretor-Geral da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Campus Dois Vizinhos (DV), a Diretoria de Graduação e Educação Profissional (DIRGRAD), no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias,  e considerando a Lei nº 11.180/2005, a Portaria MEC nº 3.385/2005, tendo em vista o artigo 12° da Portaria 976, de 27 de julho de 2010 e que foi alterada pela Portaria nº 343, de 24 de abril de 2013 e Resolução COGEP/UTFPR no 479, de 18 de Dezembro de 2023, torna público que estão abertas as inscrições para o Processo de Seleção para Tutor do Programa de Educação Tutorial (PET) do grupo PET Conexões de Saberes - Agricultura Familiar – Saberes e Fazeres da Vida no Campo, vinculado à Diretoria de Graduação e Educação Profissional do Campus Dois Vizinhos, destinado ao provimento de 01 (uma) vaga de tutor, nos termos do presente Edital e que será publicado pela DIRGRAD-DV, na página web de editais da UTFPR no endereço eletrônico https://www.utfpr.edu.br/editais/graduacao-e-educacao-profissional/doisvizinhos

 

1. DOS REQUISITOS MÍNIMOS PARA INSCRIÇÃO E PREENCHIMENTO DA VAGA

1.1 Os requisitos necessários para participar do processo seletivo são os estabelecidos no art. 12 da Portaria MEC nº 976, de 27 de julho de 2010, publicada no Diário Oficial da União nº 212 de 31 de outubro de 2013 (Seção 1, páginas 40 a 42), somados aos específicos do Programa.

I) Pertencer ao quadro permanente da UTFPR - DV sob contrato em regime de tempo integral e dedicação exclusiva;

II) ter título de doutor;

III) não acumular qualquer outro tipo de bolsa;

IV) comprovar atuação efetiva em atividades da graduação por três anos anteriores à solicitação ou à avaliação;

V) comprovar atividades de pesquisa e de extensão por três anos anteriores à solicitação ou à avaliação.

1.2 Para efeitos do inciso V), a atuação efetiva no curso e atividades da graduação será aferida a partir de disciplinas ministradas nos cursos de bacharelado do campus, orientações ou de trabalhos de conclusão de curso e participação em conselhos acadêmicos dos cursos, por meio dos documentos suplementares enquadrados nas tabelas do Anexo IV deste edital.

1.3 Para efeitos do inciso V), entende-se, para fins de comprovação das atividades de ensino, pesquisa e extensão curricular, três anos anteriores como 2021, 2022, 2023 e os meses já decorridos de 2024, e todo o período de atuação na UTFPR para as atividades de gestão acadêmica. A comprovação das atividades será feita por meio do Currículo Lattes do CNPq do candidato e dos documentos suplementares enquadrados na Tabela 1 – Pesquisa e Tabela 2 - Extensão do Anexo IV deste edital.

 

2. DA INSCRIÇÃO

2.1. Documentação necessária para a inscrição:

a) Declaração de não acúmulo de bolsa, de jornada de trabalho, de compromisso de continuidade do grupo e de que atende as exigências constantes deste edital (Anexo II), com total aderência às atividades desenvolvidas pelo Grupo PET Conexões de Saberes - Agricultura Familiar – Saberes e Fazeres da Vida no Campo, conforme modelo no anexo IV deste edital.

b) Uma (1) fotocópia do Diploma de Doutorado concluído em Programa reconhecido pela CAPES/MEC. No caso de a conclusão ter se dado no exterior, a comprovação deve se dar nos termos da legislação vigente para o caso específico.

c) Uma (1) via do currículo, devidamente documentado com todas as comprovações dos registros para pontuação conforme previsto no anexo III deste edital, obrigatoriamente preenchido na Plataforma Lattes: http://lattes.cnpq.br

d) Plano de atividades, conforme anexo IV deste edital.

e) Não será permitida a substituição ou anexação de novos documentos àqueles entregues no ato da inscrição.

2.2. Forma, horário e modo de entrega da documentação:

2.2.1 Toda documentação referente a inscrição neste Edital deverá ser enviada via formulário eletrônico, por meio do link : https://forms.gle/PU27ACnPtDZ5C4H48, conforme cronograma (Anexo I).

2.2.2 O formulário deverá ser preenchido com todos os documentos relacionados no item 2.1, conforme os anexos II, III, o anexo IV com os documentos comprobatórios, preferencialmente, na sequência do currículo Lattes e o plano de atividades conforme o Anexo IV.

 

3. PROCESSO DE SELEÇÃO

3.1 A avaliação será realizada por uma comissão designada pelo Diretor-Geral do Campus DV, sendo esta composta por pelo menos, três discentes bolsistas do grupo PET Conexões de Saberes - Agricultura Familiar – Saberes e Fazeres da Vida no Campo (em acordo com o definido no §3º do art. 12 da Portaria MEC nº343, de 24 de abril 2013) e dois professores, tutores ou ex- tutores de grupos PET, sendo um deles o presidente da comissão.

3.2 Os candidatos serão avaliados pela análise de currículo mediante pontuação obtida no desenvolvimento de atividades de ensino, pesquisa, extensão e gestão, conforme tabelas do anexo III, comprovadas pelo Currículo Lattes e pelos documentos suplementares, e pela pontuação obtida no plano de atividades segundo o anexo IV.

3.3 O plano de atividades deverá ser entregue junto com os demais documentos no ato da inscrição, e defendido oralmente, conforme cronograma (anexo I), em horário a ser definido, e publicado pela DIRGRAD-DV no endereço eletrônico https://www.utfpr.edu.br/editais/graduacao-e-educacao-profissional/doisvizinhos

 

4. DO RESULTADO PRELIMINAR

4.1 Será selecionado o candidato que obtiver a maior PONTUAÇÃO FINAL (PF) na análise do currículo (CV) e no plano de atividades (PA) segundo a fórmula:

PF = CV + PA

4.2 A pontuação da análise de currículo (CV) é o somatório da pontuação obtida em cada uma das tabelas 1, 2, 3 e 4 do anexo IV;

CV = Tabela 1 + Tabela 2 + Tabela 3 + Tabela 4

4.3 A pontuação do plano de atividades (PA) será feita de acordo com os critérios estabelecidos no anexo VI deste edital.

4.4 Em caso de empate prevalecerão os resultados obtidos, nessa ordem, Plano de Atividades, Tabela 1, Tabela 2, Tabela 3 e Tabela 4.

O resultado preliminar será publicado pela DIRGRAD-DV, na página web de editais da UTFPR no endereço eletrônico https://www.utfpr.edu.br/editais/graduacao-e-educacao-profissional/doisvizinhos

 

5. DOS RECURSOS

5.1 Os recursos deverão ser destinados à DIRGRAD-DV, exclusivamente no e-mail editais-dirgrad-dv@utfpr.edu.br, conforme cronograma (Anexo I), com o assunto "Recurso Edital 009/2024 DIRGRAD/DIRGE_nome do candidato".

5.2 Os recursos serão analisados pela Diretoria de Graduação e Educação Profissional, conjuntamente com a Comissão de Seleção designada.

 

6. DO RESULTADO FINAL

6.1 O resultado final será publicado na página web de editais da UTFPR no endereço eletrônico https://www.utfpr.edu.br/editais/graduacao-e-educacao-profissional/doisvizinhos , conforme cronograma (Anexo I)

 

7. DAS VAGAS, DO INÍCIO DO EXERCÍCIO E DA BOLSA

7.1 O Edital prevê o provimento de 1 (uma) vaga para o cargo de Tutor do Grupo PET Conexões de Saberes - Agricultura Familiar – Saberes e Fazeres da Vida no Campo.

7.1.1 Para efeitos deste edital, não se aplica a reserva de vagas aos candidatos negros de que trata a Lei nº 12.990, de 09/11/2014 e Portaria Normativa nº 4, de 06/04/2018, publicada no DOU de 10/04/2018, tendo em vista que oferece menos que 3 (três) vagas por cargo.

7.1.2 Para efeitos deste edital, não se aplica a reserva de vagas aos candidatos com deficiência, de que trata o art. 37, inciso VIII, da Constituição Federal, art. 5º, § 2º da Lei nº 8112/90, e Decreto nº 5296, de02/12/2004 e Decreto nº 9508, de 24/09/2018, tendo em vista que oferece menos do que 5 (cinco) vagas.

7.2 O início do exercício do docente selecionado se dará imediatamente, após o término do mandato vigente de tutoria do grupo PET Conexões de Saberes - Agricultura Familiar – Saberes e Fazeres da Vida no Campo.

7.3 O docente selecionado receberá mensalmente uma bolsa cujo valor está estipulado no art. 14 da Portaria MEC nº 343, de 24 de abril de 2013, publicada no Diário Oficial da União nº 79 de 25 de abril de 2013 (Seção 1, páginas 24 e 25) e terá duração de três anos, renovável por igual período.

7.4 A bolsa é depositada em conta corrente específica durante a vigência da tutoria, tendo como origem os recursos do PROGRAMA PET/FNDE. O valor atual da bolsa é de R$ 3.100,00 (três mil e cem reais).

 

8. CASOS OMISSOS

8.1 Os casos omissos a este edital serão analisados e julgados pela DIRGRAD-DV, ouvida a Comissão de seleção.

8.2 Fica eleito o Foro da Justiça Federal de Francisco Beltrão, Seção Judiciária do Paraná, para dirimir quaisquer dúvidas ou questões oriundas deste Edital.

 

 

 

 

EVERTON RICARDI LOZANO DA SILVA

Diretor Geral

Campus Dois Vizinhos

 

 

 

MARINA CELANT DE PRÁ

Diretora de Graduação e Educação Profissional

Campus Dois Vizinhos

 

 


logotipo

Documento assinado eletronicamente por (Document electronically signed by) MARINA CELANT DE PRA, DIRETOR(A), em (at) 05/04/2024, às 15:23, conforme horário oficial de Brasília (according to official Brasilia-Brazil time), com fundamento no (with legal based on) art. 4º, § 3º, do Decreto nº 10.543, de 13 de novembro de 2020.


logotipo

Documento assinado eletronicamente por (Document electronically signed by) EVERTON RICARDI LOZANO DA SILVA, DIRETOR(A)-GERAL, em (at) 05/04/2024, às 15:35, conforme horário oficial de Brasília (according to official Brasilia-Brazil time), com fundamento no (with legal based on) art. 4º, § 3º, do Decreto nº 10.543, de 13 de novembro de 2020.


QRCode Assinatura

A autenticidade deste documento pode ser conferida no site (The authenticity of this document can be checked on the website) https://sei.utfpr.edu.br/sei/controlador_externo.php?acao=documento_conferir&id_orgao_acesso_externo=0, informando o código verificador (informing the verification code) 4101715 e o código CRC (and the CRC code) F84A025B.



 

 

 

ANEXO I - CRONOGRAMA DO EDITAL

Etapa

Data

Inscrições via formulário eletronico

Da data da publicação até às 23h59 do dia 30 de abril de 2024

Homologação das inscrições - resultado preliminar

Até às 23h59 do dia 03 de maio de 2024

Recurso contra o resultado preliminar da homologação das inscrições

Até às 23h59 do dia 05 de maio de 2024

Homologação das inscrições - resultado final

Até às 23h59 do dia 07 de maio de 2024

Defesa oral do plano de atividades 

Dia 10 de maio de 2024

Local: sala de reuniões do bloco G10

Horário: será divulgado com o resultado final da homologação das inscrições

Resultado preliminar

Até às 23h59 do dia 15 de maio de 2024

Prazo para interposição de recurso 

Até às 23h59 do dia 17 de maio de 2024

Resultado final

Até às 23h59 do dia 22 de maio de 2024

 

 

 

ANEXO II - DECLARAÇÃO

 

 

Eu,                                                                                 , CPF                                          , professor da UTFPR declaro, para os devidos fins, que:

 

 

Nome do Proponente:

Local e data:

<Assinatura eletrônica no SEI>

 

 

ANEXO III - ITENS DE AVALIAÇÃO DO CURRÍCULO LATTES E SUAS PONTUAÇÕES

1 – PESQUISA (2020 a 2024)

Pontos/item

Máximo

Pontuação
(pelo candidato)

Conferência
(pela comissão)

Artigo cientifico em revista Qualis A1, A2, A3, A4

6

90

 

 

Artigo cientifico em revista Qualis B1, B2, B3, B4 e C

3

45

 

 

Livro cientifico com ISBN

10

30

 

 

Capítulo de livro cientifico com ISBN (não pontuar artigos de congressos, simpósios e similares publicados sob a forma de livro)

5

10

 

 

Patente registrada/publicada

10

20

 

 

Trabalho completo ou resumo expandido em congressos, simpósios e similares internacionais*

3

21

 

 

Trabalho completo ou resumo expandido em congressos, simpósios e similares nacionais*

2

16

 

 

Trabalho completo ou resumo expandido em congressos, simpósios e similares regionais e locais*

1

10

 

 

Resumo simples em congressos, simpósios e similares internacionais, nacionais, regionais e locais*

0,5

10

 

 

Coordenação de projeto de pesquisa na UTFPR financiado por órgão de fomento

10

30

 

 

Coordenação de projeto de pesquisa registrado na UTFPR

5

20

 

 

Participação em projeto de pesquisa na UTFPR financiado por órgão de fomento

2,5

10

 

 

Participação em projeto de pesquisa registrado na UTFPR

1

5

 

 

Organização de eventos científicos nacionais ou internacionais

5

10

 

 

Organização de eventos científicos regionais ou locais

2

8

 

 

Orientação concluída de mestrado

10

30

 

 

Orientação concluída de doutorado

20

60

 

 

Orientação concluída de pós-doutorado

15

30

 

 

Coorientação concluída de mestrado ou doutorado

5

15

 

 

Participação em bancas de mestrado ou qualificação de doutorado

5

20

 

 

Participação em bancas de doutorado

8

32

 

 

 

TOTAL

522

 

 

*No presente edital, entende-se como: Resumo simples: aquele escrito em parágrafo único ou com estrutura completa (introdução, materiais e métodos, resultados e discussão, conclusões, referências), com no máximo uma página de extensão; Resumo expandido/trabalho completo: estrutura completa com no mínimo 2 páginas de extensão.

 

2 – EXTENSÃO (2020 a 2024)

Pontos/item

Máximo

Pontuação
(pelo candidato)

Conferência
(pela comissão)

Trabalho completo ou resumo expandido em congressos, simpósios e similares internacionais com caráter extensionista*

3

30

 

 

Trabalho completo ou resumo expandido em congressos, simpósios e similares nacionais com caráter extensionista*

2

20

 

 

Trabalho completo ou resumo expandido em congressos, simpósios e similares regionais e locais com caráter extensionista*

1

15

 

 

Resumo simples em congressos, simpósios e similares internacionais, nacionais, regionais e locais com caráter extensionista*

0,5

5

 

 

Textos em jornais, informativos ou revistas (magazine)

2

10

 

 

Coordenação de programa ou projeto de extensão ou desenvolvimento tecnológico na UTFPR financiado por órgão de fomento

10

50

 

 

Coordenação de programa ou projeto de extensão ou desenvolvimento tecnológico registrado na UTFPR

5

20

 

 

Colaboração em programa ou projeto de extensão registrado na UTFPR, financiado ou não por órgão de fomento

2

10

 

 

Coordenação ou professor de cursos ofertados à comunidade

acadêmica ou externa (5 pontos/8h)

5

50

 

 

Orientação de bolsistas de extensão ou inovação tecnológica na UTFPR

5

30

 

 

Organização de eventos de extensão ou inovação tecnológica científica nacionais ou internacionais

5

20

 

 

Organização de eventos de extensão ou inovação tecnológica científica locais ou regionais

2

10

 

 

Assessoria e consultoria registrado na UTFPR / FUNTEF

3

15

 

 

Coordenação de ações de extensão e desenvolvimento tecnológico

registradas em portarias ou pelo DEPEX-PG

6

24

 

 

Participação em ações de extensão e desenvolvimento tecnológico

registradas em portarias ou pelo DEPEX-PG

4

16

 

 

Coordenação ou organização de conferência, palestra, seminário,

simpósio, colóquio, congresso ou similares

1/evento

10

 

 

Participação como conferencista em palestras, seminários, simpósio, colóquio, congresso, seminários ou similares

1/evento

10

 

 

Supervisão de aluno na UTFPR de grupos PET, devidamente registradas na UTFPR (DIRGRAD, DIREC ou DIRPPG) – (não pontuar se for tutor do grupo PET a qual pertence o aluno)

5/Semestre

30

 

 

Colaborador de atividades do PET no qual está concorrendo a vaga de tutor, devidamente registradas na UTFPR (DIRGRAD, DIREC ou DIRPPG)

10/Semestre

60

 

 

Tutor de grupo PET

15/semestre

90

 

 

 

TOTAL

525

 

 

*Caracterizam eventos com foco voltado à difusão de conhecimentos para a comunidade em geral e não somente para a comunidade científica.

 

3 – ENSINO (2020 a 2023)

Pontos/item

Máximo

Pontuação
(pelo candidato)

Conferência
(pela comissão)

Exercício do magistério em disciplina profissionalizante ofertada pelo DAENQ-PG nos cursos de graduação deste departamento no Campus Ponta Grossa conforme PPCs vigentes

6/semestre

50

 

 

Exercício do magistério na educação: básica, técnica, graduação ou

pós-graduação

3/Semestre

30

 

 

Exercer função de coordenador de estágio, coordenador de atividades extras regulamentadas, supervisor de atividades complementares, responsável por TCCs do curso de Engenharia química

3/Semestre

30

 

 

Coordenação do curso de Engenharia química

10/Semestre

50

 

 

Vice-coordenação do curso de Engenharia química (coordenador

substituto), desde que nomeado por portaria

5/Semestre

25

 

 

Participação no NDE do curso de Engenharia química

3/Semestre

15

 

 

Participação no colegiado de curso de Engenharia química

3/Semestre

15

 

 

Orientação concluída de estágio na UTFPR

5

20

 

 

Orientação concluída de monitoria na UTFPR

5

20

 

 

Orientação concluída de TCC na UTFPR (pontuação por TCC – não por aluno)

5

20

 

 

Orientação concluída de bolsista de iniciação científica ou desenvolvimento tecnológico na UTFPR

5

30

 

 

Orientação concluída de especialização

5

15

 

 

Participação em banca de TCC na UTFPR

1

10

 

 

Participação em banca de especialização

1

10

 

 

Participação em ações de ensino registradas por portarias e/ou pelo DEPEX

4

24

 

 

 

TOTAL

364

 

 

 

4 – GESTÃO ACADÊMICA E INSTITUCIONAL (todo período de atuação na UTFPR)

Pontos/item

Máximo

Pontuação
(pelo candidato)

Conferência
(pela comissão)

Cargo de Direção - Reitor e Vice-reitor

1 /mês

40

 

 

Cargo de Direção (Pró-reitor, Diretores de Gestão da Reitoria)

0,8/mês

40

 

 

Cargo de Direção (Diretores-Gerais de Campus e Assessorias na Reitoria)

0,6/mês

40

 

 

Cargo de Direção (Adjuntos de Pró-Reitorias, Assessorias e Diretores de Área e similares)

0,5/mês

30

 

 

Cargo de Ouvidor Institucional e de Campus

0,4/mês

10

 

 

Chefe de Departamento Acadêmico

0,4/mês

20

 

 

Coordenador ou chefe de órgãos vinculados à gestão de Campus e Pró-Reitorias

0,4/mês

20

 

 

Chefe de Gabinete da Reitoria e de Direção-Geral de Campus

0,3/mês

20

 

 

Coordenação de Núcleo de Inovação Tecnológica, Incubadora, Hotel Tecnológico e similares

0,3/mês

20

 

 

Participação em banca de processos seletivos, bancas de avaliação acadêmica e ou concursos, grupos de trabalho, oficinas institucionais, visitas técnicas com alunos, projetos de interesse institucional.

1/evento

10

 

 

Membro do Conselho Universitário

1/Semestre

10

 

 

Membro do Conselho de Graduação, Pesquisa e Pós-Graduação, Relações Empresariais e Comunitárias, Planejamento e Administração

1/Semestre

10

 

 

Participação como TITULAR em atividades regulares previstas em Lei, Estatuto ou Regimento (conselhos, colegiados ou comissões de Ética, CPPD, NPPD, CPA, ou outras de interesse da Instituição)

1/Semestre

10

 

 

Participação como SUPLENTE em atividades regulares previstas em Lei, Estatuto ou Regimento (conselhos, colegiados ou comissões de Ética, CPPD, NPPD, CPA, ou outras de interesse da Instituição)

0,5/Semestre

10

 

 

Participação como TITULAR em conselhos de classe profissionais

1/Semestre

10

 

 

Membro de diretoria de associações de classe profissional devidamente registrada

1/semestre

5

 

 

Participação em comissão de processo administrativo disciplinar, de sindicância e de ética

0,2/comissão

10

 

 

Trabalho desenvolvido no âmbito do MEC ou outra Instituição de ensino, participação como representante da UTFPR, em comitês/equipes de trabalho em órgãos como MEC, CAPES, CNPq e similares.

0,4/evento

10

 

 

Trabalho desenvolvido como representante da UTFPR, em

comitês/equipes de trabalho em órgãos como CREA ou outros

0,4/evento

10

 

 

Participação como membro de colegiado de pós-graduação

1 /semestre

10

 

 

 

TOTAL

345

 

 

 

 

ANEXO IV - MODELO DE PLANO DE ATIVIDADES A SER SUBMETIDO PELO CANDIDATO

PET – CONEXÕES DE SABERES - AGRICULTURA FAMILIAR – SABERES E FAZERES DA VIDA NO CAMPO PLANEJAMENTO ANUAL DE ATIVIDADES

 

ORIENTAÇÕES GERAIS

Observar atentamente as diretrizes abaixo, tomando-as como orientação para a elaboração e redação do presente planejamento, de forma a evidenciar e retratar com clareza as atividades do grupo e do tutor quanto ao atendimento dos objetivos do Programa:

A principal finalidade do PET é promover a formação ampla dos estudantes em nível de graduação, incentivando o aluno a desenvolver um controle consciente e voluntário do seu processo formativo, ou seja, a construção da autonomia do aluno;

Por “formação ampla” entende-se o processo em que se dá atenção explícita às diversas dimensões da formação do estudante: apropriação de conhecimento científico e/ou tecnológico de alto nível acadêmico, desenvolvimento da autonomia, estabelecimento de compromissos epistemológicos, éticos e sociais que estejam presentes na sua ação como aluno e na sua futura atuação profissional;

O programa visa contribuir com formulação de novas estratégias de desenvolvimento e modernização do ensino superior no país, contribuindo para a redução da evasão escolar. As atividades do grupo devem ser orientadas pelo princípio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão. Desta forma, devem necessariamente contemplar, ao menos, todas estas três áreas da formação acadêmica, de forma equilibrada, contribuindo para a reflexão e autonomia intelectual do estudante;

Entre os objetivos do Programa estão a contribuição para a elevação da qualidade da formação acadêmica dos alunos de graduação, tendo como estratégia o efeito multiplicador do petiano sobre os seus colegas estudantes da IES, principalmente aqueles do primeiro ano de graduação;

O documento de planejamento do grupo deverá ser utilizado como referência para a própria organização das atividades durante o ano e para posterior avaliação dessas atividades no final do período;

O grupo deve planejar uma atividade atentando para os seus aspectos formativos, ou seja, que conhecimentos, técnicas e/ou habilidades serão desenvolvidos na execução da atividade e como ela se enquadra nos objetivos do programa. Também a forma como o grupo se organizará para realizar essas atividades deve estar claro;

O modelo formativo adotado pelo Programa prevê atividades de natureza coletiva e interdisciplinar. Esse modelo se realiza pela: (a) Proposição, organização, execução e avaliação das atividades de forma coletiva, envolvendo sujeitos com diferentes níveis de experiência dentro do programa; (b) Construção coletiva dos motivos, significados, objetivos das atividades por meio da reflexão no grupo e nas diversas instâncias da comunidade dos grupos PET; (c) Vivência das relações tutoriais em diferentes escalas: tutor – aluno e aluno veterano – aluno novato, no âmbito do grupo; Tutores e alunos com diferentes níveis de experiência no programa em relações interdisciplinares entre grupos. O grupo deve atentar para a formação voltada para o trabalho em equipe por meio do debate em torno dos itens destacados acima e limitando as atividades de caráter individual. Quanto à interdisciplinaridade, as atividades devem contemplar ampla abrangência de temas no contexto de atuação do grupo;

As atividades do grupo devem ser orientadas pelo princípio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão. Desta forma, devem necessariamente contemplar, ao menos, todas estas três áreas da formação acadêmica, de forma equilibrada, contribuindo para a reflexão e autonomia intelectual do estudante. Não há necessidade de o grupo definir cada atividade como ensino, pesquisa ou extensão, mas é interessante que o grupo preveja em que medida cada atividade pode contemplar cada um dos aspectos da tríade;

Quanto às atividades cuja ênfase principal seja o Ensino, além do alinhamento com o Projeto Político Pedagógico Institucional, recomenda-se que elas promovam a ampliação da formação para além da grade curricular da graduação e que aprimorem a formação voltada ao processo ensino-aprendizagem, bem como busquem inovações metodológicas;

Quanto às atividades com ênfase na Extensão, recomenda-se que elas aprimorem a formação voltada às demandas da sociedade, do contexto profissional e da responsabilidade social. Neste contexto, cabe lembrar que o assistencialismo não se caracteriza como atividade de Extensão;

Quanto às atividades com ênfase em Pesquisa, recomenda-se que elas aprimorem a formação voltada à reflexão sobre prioridades de pesquisa, aos métodos e metodologias de produção de conhecimento novo e análise crítica dos resultados;

Quanto às estratégias para a formação diferenciada e qualificada dos estudantes incluem o estímulo ao espírito crítico, a atuação profissional pautada pela cidadania e pela função social da educação superior bem como o estimulo da formação de profissionais e docentes de elevada qualificação técnica, cientifica, tecnológica e acadêmica.

 

 

1. MODELO DE PLANO DE ATIVIDADES

As atividades planejadas no presente documento e que deverão, posteriormente, ser preenchidas no Sistema de Gestão dos Grupos PET (SIGPET) pelo candidato aprovado, serão avaliadas no processo de seleção, possuindo a estruturação abaixo.

 

Nome da Atividade:

Carga horária:

Data de início e fim:

Descrição/Justificativa: (máximo de caracteres: 800)

Objetivos: (máximo de caracteres: 800)

Como a atividade será realizada? (Metodologia) (máximo de caracteres: 800)

Quais os resultados esperados da atividade? (máximo de caracteres: 800)

Qual será a metodologia de avaliação da atividade? (máximo de caracteres: 800)

 

Além dos itens anteriores para cada atividade deve ser preenchido um processo geral de definição de tutoria conforme normas abaixo.

 

Descrição do processo de tutoria

Planejamento quanto à participação/contribuição do(a) tutor(a) nas atividades e na formação dos petianos: definição das atividades e seus objetivos, acompanhamento e avaliação individual e coletiva. Máximo de 1000 caracteres

 

Resultados gerais do planejamento: Máximo de 1000 caracteres

 

 

ANEXO V - ITENS DE AVALIAÇÃO DO PLANO DE ATIVIDADES E SUAS PONTUAÇÕES

ITEM A SER AVALIADO

PONTUAÇÃO

Adequação do currículo do candidato a tutor ao PET Conexões de Saberes - Agricultura Familiar – Saberes e Fazeres da Vida no Campo e à proposta apresentada

0 a 20

Avanços na área de ensino, pesquisa e extensão para os alunos e docentes envolvidos, atingidos pela proposta

 

0 a 15

Impactos das atividades de extensão na sociedade, perspectivados pela proposta

0 a 15

Articulação da proposta com os projetos pedagógicos dos cursos de graduação ofertados no campus

0 a 10

Contribuição apresentada pela proposta para a aproximação dos currículos dos cursos de graduação ofertados pelo campus com o desenvolvimento científico, cultural e tecnológico da área profissional.

 

0 a 10

Perspectivas apresentadas pela proposta visando ao desenvolvimento de atitudes proativas diante dos desafios e limites da realidade científica e tecnológica

 

0 a 5

Condições de execução das atividades propostas perante o cenário da UTFPR-DV

0 a 5

Objetivos bem definidos e claros para cada atividade proposta

0 a 5

Coerência dos objetivos com as justificativas

0 a 5

Resultados esperados e formas/indicadores de avaliação dos mesmos

0 a 5

Clareza e coerência da proposta quanto aos mecanismos de acompanhamento das atividades

0 a 5

TOTAL

0 a 100

 

 


Referência: Processo nº 23064.013671/2024-77 SEI nº 4101715